segunda-feira, 22 de junho de 2015

Relação de provas anteriores BNDES

Para acessar o material clique nos links abaixo Segue abaixo relação de provas e gabaritos

Banco Nacional de Desenvolvimento - BNDES - Parte 01
Banco Nacional de Desenvolvimento - BNDES - Parte 02
Banco Nacional de Desenvolvimento - BNDES - Parte 03
Banco Nacional de Desenvolvimento - BNDES - Parte 04



Exercícios de fixação

Cargo: Administrador
Banco Nacional de Desenvolvimento Econômico e Social - BNDES Ano 2005

01 - As taxas de rendimentos prefixadas incluem:
(A) a taxa de variação cambial no período;
(B) a expectativa de inflação baseada em um índice de preço usado pelo mercado;
(C) a variação do índice IBOVESPA no período;
(D) as projeções da dívida externa brasileira;
(E) os lucros esperados pelo tomador de crédito.

02 - Quando estamos analisando um portfólio de ações, o risco advindo de uma mudança na legislação tributária sobre ativos financeiros é conhecido por:
(A) risco jurídico;
(B) tributação em cascata;
(C) risco comercial;
(D) risco diversificável;
(E) risco sistemático.

03 - Se a taxa pós-fixada de uma operação for igual a 50%, e se a inflação no período for de 20%, o ganho real será de:
(A) 12,5%;
(B) 20%;
(C) 25%;
(D) 30%;
(E) 150%.

04 - A política monetária e a política fiscal diferem, entre outras, pela seguinte razão:
(A) a política monetária é deliberadamente executada num esforço de manter o PNL (Produto Nacional Líquido) na região de pleno emprego, enquanto a fiscal tem efeitos de pouca importância sobre o nível do PNL;
(B) a política monetária trata dos totais de dinheiro gasto e arrecadado pelo governo, enquanto que a fiscal trata da taxa de juros;
(C) a política monetária procura estimular ou desestimular as despesas de investimento e de consumo influenciando as taxas de juros e a disponibilidade de crédito, enquanto a fiscal funciona diretamente sobre as rendas através do dispêndio e da tributação;
(D) a política fiscal funciona principalmente através de alterações no nível de despesas de investimento, enquanto que a monetária afeta quase nada asdespesas de investimento;
(E) são executadas por duas instituições diferentes, não havendo, na essência, diferença significativa entre elas.

05 - A TIR (Taxa Interna de Retorno) é um indicador importante utilizado para mensurar a viabilidade de projetosde investimentos. A TIR é o valor:
(A) cujo limite máximo é a mínima Taxa Máxima de
Atratividade;
(B) limite da mediana da Taxa de Juros do Mercado;
(C) mínimo da máxima Taxa Livre de Risco;
(D) da taxa de desconto que torna máximo o Valor Presente Líquido;
(E) valor cujo limite máximo é a máxima Taxa Mínima de Atratividade.

06 - Se o governo aumenta as despesas em bens e
serviços, sem aumentar seus impostos, como arma antirecessão, é de se esperar que o PNL seja afetado da seguinte maneira:
(A) o componente do governo (G) do PNL irá aumentar, mas haverá uma compensadora redução parcial no componente consumo (C);
(B) o componente G do PNL irá aumentar, mas não há razão nenhuma para esperarmos que C aumente ou diminua;
(C) o componente G irá aumentar, o mesmo acontecendo com o componente C;
(D) o componente C irá aumentar, mas não há razão para esperarmos que o componente G aumente ou diminua;
(E) tanto G como C irão diminuir.

Gabarito
01 – B       
02 – E       
03 – C       
04 – C       
05 – D       
06 – C

Link relacionados:
- A importância do Edital
- Relação de provas por Profissão
- Empresas Organizadoras de Concursos Públicos
- Tenha acesso a todo conteúdo clicando em MAPA DO BLOG