sexta-feira, 29 de março de 2013

MPU - Nível Superior – Parte 01 – Seção 09

Relação de Provas anteriores
Ministério Público

01 - Cargo de Analista - Informática, concurso realizado em 2004 e organizado pela ESAF
02 - Cargo de Analista - Médico do Trabalho, concurso realizado em 2004 e organizado pela ESAF
03 - Cargo de Analista - Orçamento, concurso realizado em 2004 e organizado pela ESAF
04 - Cargo de Analista - Perito - Engenharia Ambiental, concurso realizado em 2004 e organizado pela ESAF
05 - Cargo de Analista - Perito - Engenharia Civil, concurso realizado em 2004 e organizado pela ESAF
06 - Cargo de Analista - Perito - Engenharia de Minas, concurso realizado em 2004 e organizado pela ESAF
07 - Cargo de Analista - Perito - Engenharia Florestal, concurso realizado em 2004 e organizado pela ESAF
08 - Cargo de Analista - Perito - Engenharia Química, concurso realizado em 2004 e organizado pela ESAF
09 - Cargo de Analista - Perito - Engenharia Sanitária, concurso realizado em 2004 e organizado pela ESAF
10 - Cargo de Analista - Perito - Engenharia Segurança do Trabalho, concurso realizado em 2004 e organizado pela ESAF
11 - Cargo de Analista - Processual, concurso realizado em 2004 e organizado pela ESAF
12 - Cargo de Analista - Serviço Social, concurso realizado em 2004 e organizado pela ESAF
13 - Cargo de Analista Atuarial, concurso realizado em 2007 e organizado pela FCC
 
Total de 13 provas (Arquivo zipado)
Para acessar os arquivos é necessário cadastro no 4Shared
ou se preferir utilize nosso "Formulário de Contato" no lado direito da postagem.




Link relacionados:

- A importância do Edital

- Relação de provas por Profissão
- Empresas Organizadoras de Concursos Públicos
- Tenha acesso a todo conteúdo clicando em MAPA DO BLOG
 

MPU - Nível Superior – Parte 01 – Seção 08

Relação de Provas anteriores
Ministério Público

01 - Cargo de Analista de Economia - Perito, concurso realizado em 2010 e organizado pela CESPE
02 - Cargo de Analista - Economista, concurso realizado em 2004 e organizado pela ESAF
03 - Cargo de Analista - Endocrinologista, concurso realizado em 2004 e organizado pela ESAF
04 - Cargo de Analista - Enfermeiro, concurso realizado em 2004 e organizado pela ESAF
05 - Cargo de Analista - Engenheiro Civil, concurso realizado em 2004 e organizado pela ESAF
06 - Cargo de Analista - Engenheiro Mecânico, concurso realizado em 2004 e organizado pela ESAF
07 - Cargo de Analista - Estatística, concurso realizado em 2004 e organizado pela ESAF
08 - Cargo de Analista - Geógrafo, concurso realizado em 2004 e organizado pela ESAF
09 - Cargo de Analista - Geólogo, concurso realizado em 2004 e organizado pela ESAF

Total de 09 provas (Arquivo zipado)
Para acessar os arquivos é necessário cadastro no 4Shared
ou se preferir utilize nosso "Formulário de Contato" no lado direito da postagem.


Link relacionados:
- A importância do Edital
- Relação de provas por Profissão
- Empresas Organizadoras de Concursos Públicos
- Tenha acesso a todo conteúdo clicando em MAPA DO BLOG

MPU - Nível Superior – Parte 01 – Seção 07

Relação de Provas anteriores
Ministério Público

01 - Cargo de Analista de Controle Interno, concurso realizado em 2010 e organizado pela CESPE
02 - Cargo de Analista de Controle Interno, concurso realizado em 2007 e organizado pela FCC
03 - Cargo de Analista de Documentação - Arquivologia, concurso realizado em 2007 e organizado pela FCC
04 - Cargo de Analista de Documentação - Biblioteconomia, concurso realizado em 2007 e organizado pela FCC
05 - Cargo de Analista de Documentação - Comunicação Social, concurso realizado em 2007 e organizado pela FCC
06 - Cargo de Analista de Documentação - Estatística, concurso realizado em 2007 e organizado pela FCC

Total de 06 provas (Arquivo zipado)
Para acessar os arquivos é necessário cadastro no 4Shared
ou se preferir utilize nosso "Formulário de Contato" no lado direito da postagem.



Link relacionados:
- A importância do Edital
- Relação de provas por Profissão
- Empresas Organizadoras de Concursos Públicos
- Tenha acesso a todo conteúdo clicando em MAPA DO BLOG

MPU - Nível Superior – Parte 01 – Seção 06

Relação de Provas anteriores
Ministério Público

01 - Cargo de Analista de Comunicação Social, concurso realizado em 2010 e organizado pela CESPE
02 - Cargo de Analista de Contabilidade - Perito, concurso realizado em 2010 e organizado pela CESPE

Total de 02 provas (Arquivo zipado)
Para acessar os arquivos é necessário cadastro no 4Shared
ou se preferir utilize nosso "Formulário de Contato" no lado direito da postagem.


Link relacionados:
- A importância do Edital
- Relação de provas por Profissão
- Empresas Organizadoras de Concursos Públicos
- Tenha acesso a todo conteúdo clicando em MAPA DO BLOG

MPU - Nível Superior – Parte 01 – Seção 05

Relação de Provas anteriores
Ministério Público

01 - Cargo de Analista de Biblioteconomia, concurso realizado em 2010 e organizado pela CESPE
02 - Cargo de Analista de Biologia - Perito, concurso realizado em 2010 e organizado pela CESPE

Total de 02 provas (Arquivo zipado)
Para acessar os arquivos é necessário cadastro no 4Shared
ou se preferir utilize nosso "Formulário de Contato" no lado direito da postagem.


Link relacionados:
- A importância do Edital
- Relação de provas por Profissão
- Empresas Organizadoras de Concursos Públicos
- Tenha acesso a todo conteúdo clicando em MAPA DO BLOG

MPU - Nível Superior – Parte 01 – Seção 04

Relação de Provas anteriores
Ministério Público

01 - Cargo de Analista de Arquitetura/ Perito, concurso realizado em 2010 e organizado pela CESPE
02 - Cargo de Analista de Arquivologia/ Perito, concurso realizado em 2010 e organizado pela CESPE

Total de 02 provas (Arquivo zipado)
Para acessar os arquivos é necessário cadastro no 4Shared
ou se preferir utilize nosso "Formulário de Contato" no lado direito da postagem.



Link relacionados:
- A importância do Edital
- Relação de provas por Profissão
- Empresas Organizadoras de Concursos Públicos
- Tenha acesso a todo conteúdo clicando em MAPA DO BLOG

MPU - Nível Superior – Parte 01 – Seção 03

Relação de Provas anteriores
Ministério Público

01 - Cargo de Analista de Antropologia/ Perito, concurso realizado em 2010 e organizado pela CESPE
02 - Cargo de Analista de Arqueologia/ Perito, concurso realizado em 2010 e organizado pela CESPE
03 - Cargo de Analista de Arquitetura, concurso realizado em 2007 e organizado pela FCC

Total de 03 provas (Arquivo zipado)
Para acessar os arquivos é necessário cadastro no 4Shared
ou se preferir utilize nosso "Formulário de Contato" no lado direito da postagem.




Link relacionados:

- A importância do Edital

- Relação de provas por Profissão
- Empresas Organizadoras de Concursos Públicos
- Tenha acesso a todo conteúdo clicando em MAPA DO BLOG
 

MPU - Nível Superior – Parte 01 – Seção 02

Relação de Provas anteriores
Ministério Público
01 - Cargo de Analista - Atuarial, concurso realizado em 2010 e organizado pela CESPE
02 - Cargo de Analista - Biólogo, concurso realizado em 2004 e organizado pela ESAF
03 - Cargo de Analista - Cardiologia, concurso realizado em 2004 e organizado pela ESAF
04 - Cargo de Analista - Clínica Médica, concurso realizado em 2004 e organizado pela ESAF
05 - Cargo de Analista - Contador, concurso realizado em 2004 e organizado pela ESAF
06- Cargo de Analista - Controle Interno, concurso realizado em 2004 e organizado pela ESAF

Total de 06 provas (Arquivo zipado)
Para acessar os arquivos é necessário cadastro no 4Shared ou se preferir utilize nosso "Formulário de Contato" no lado direito da postagem.



Link relacionados:

- A importância do Edital


- Relação de provas por Profissão
- Empresas Organizadoras de Concursos Públicos
- Tenha acesso a todo conteúdo clicando em MAPA DO BLOG
 

MPU - Nível Superior – Parte 01 – Seção 01

Relação de Provas anteriores
Ministério Público
01 – Cargo de Analista Administrativo, concursos realizado em 2010 e organizado pela CESPE
02 - Cargo de Analista Administrativo, concurso realizado em 2007 e organizado pela FCC
03 - Cargo de Analista Administrativo, concurso realizado em 2004 e organizado pela ESAF
04 - Cargo de Analista - Antropologia, concurso realizado em 2004 e organizado pela ESAF
05 - Cargo de Analista - Arqueologia, concurso realizado em 2004 e organizado pela ESAF
06 - Cargo de Analista - Arquiteto, concurso realizado em 2004 e organizado pela ESAF
07- Cargo de Analista - Arquivologia, concurso realizado em 2004 e organizado pela ESAF

Total de 07 provas (Arquivo zipado)
Para acessar os arquivos é necessário cadastro no 4Shared.



Link relacionados:

- A importância do Edital

- Relação de provas por Profissão
- Empresas Organizadoras de Concursos Públicos
- Tenha acesso a todo conteúdo clicando em MAPA DO BLOG
 

quinta-feira, 28 de março de 2013

Arquivologia - Nível Superior – Parte 02 – Seção 03

Relação de Provas anteriores


Cargo: Arquivologista
01 - Tecnologista Júnior, concurso realizado em 2006, na FIOCRUZ e organizado pela FJPF 
02 - Tecnologista Júnior - Ano/ Metodologias de descrição automatizada de acervos, concurso realizado em 2006, na FIOCRUZ e organizado pela FJPF 
03 - Tecnologista Júnior - Registros em saúde, concurso realizado em 2006, na FIOCRUZ e organizado pela FJPF
04 - Tecnologista Júnior - Ano/ Sistemas de arquivos de instituições públicas, concurso realizado em 2006, na FIOCRUZ e organizado pela FJPF

Total de 04 provas (Arquivo zipado)
Para acessar os arquivos é necessário cadastro no 4Shared.

Exercícios de fixação 
Autarquia – Agência Nacional do Petróleo - ANP 
Ano de realização - 2008 – CESGRANRIO
41 - Uma empresa pública está desenvolvendo atividades de sistematização de conjuntos documentais arquivísticos, diferenciando-os das coleções características das bibliotecas. A partir das especificidades acima apontadas, o fator que melhor esclarece a referida diferenciação é a
(A) originalidade
(B) ordenacidade
(C) organicidade
(D) funcionalidade
(E) descricionalidade

42 - A organização dos documentos permanentes da Agência Nacional do Petróleo requer um extremo cuidado, pois todos os conjuntos documentais, produzidos ou recebidos pela instituição, passam a conviver uns com os outros. É justamente neste momento que esses conjuntos documentais passam a ser considerados como
(A) séries
(B) fundos
(C) classes
(D) coleções
(E) grupamentos

43 - No âmbito dos estudos ligados à Arquivologia, a função específica desenvolvida nos arquivos permanentes, que possibilita a identificação, o rastreamento e a utilização de dados, chama-se
(A) levantamento
(B) classificação
(C) avaliação
(D) descrição
(E) triagem

44 - Os arquivos devem possuir obras de referência que, em linhas gerais, resumem e localizam os diferentes graus e amplitudes dos fundos, séries e/ou unidades documentais nos arquivos permanentes. Em essência, essas obras de referência são os
(A) respect des fonds
(B) grupos de acervos
(C) catálogos sistemáticos
(D) conjuntos documentais
(E) instrumentos de pesquisa

45 - Uma pesquisa com usuários do Centro de Informação Tecnológica do Instituto de Tecnologia Aplicada demandou a organização de um arquivo, utilizando rigorosamente as regras de alfabetação dos seguintes nomes: 1 – Ricardo Vila Verde, 2 – Roberto Villa Branca, 3 – Renato Zambrotti & Cia. Ltda., 4 – Dra. Raquel do Valle, 5 – Prof. Robson Vodopiles.
Esta organização obedeceu à seguinte seqüência:
(A) 1, 2, 3, 4, 5
(B) 3, 4, 1, 2, 5
(C) 4, 1, 2, 5, 3
(D) 4, 3, 1, 2, 5
(E) 5, 4, 3, 2, 1

46 - Uma empresa de grande porte concentra um grande volume de documentos cujo elemento principal de identificação é o número, pois trata de uma organização com base no método dígito-terminal. Alguns documentos receberam os seguintes números: P – 56.212, Q – 86212, R – 94217, S – 218.703, T – 972.689. Desta forma, utilizando o método dígito-terminal para a organização, a ordem e estrutura é a seguinte:
(A) P, Q, R, S e T.
(B) Q, S, P, T e R.
(C) R, T, Q, P e S.
(D) S, P, Q, R e T.
(E) T, S, P, R e Q.

47 - O Departamento de Meio Ambiente do Instituto de Petróleo e Gás está organizando um arquivo, especificamente, pelos assuntos que constam nos documentos. Desta forma, o método mais indicado é o decimal, no qual os assuntos devem ser grupados sob títulos principais e estes, subdivididos em títulos específicos, partindo sempre do conceito de
(A) fracos para fortes
(B) pequenos para grandes
(C) gerais para particulares
(D) simples para completos
(E) específicos para genéricos

48 - A Fundação Ayrton Senna desenvolve muitas atividades sociais e precisa manter os seus arquivos correntes bem organizados, visando à eficiência na recuperação da informação, refletindo competência da gestão. Com essa perspectiva, utiliza, na organização de seus documentos especiais, a metodologia de indexação coordenada ou unitermo, preparando fichas com palavras-chaves contidas nos documentos. Essas fichas unitermo são numeradas de
(A) zero a nove
(B) um a nove
(C) um a dez
(D) três a doze
(E) cinco a dez

49 - Um arquivo público sistematiza suas atividades, visando a efetivar a preservação de documentos de arquivo e a conseqüente recuperação da informação para o perfeito desenvolvimento das rotinas da instituição. Com o objetivo específico de recuperar as informações nos documentos, uma fase no processo de organização é primordial. Esta fase envolve elementos essenciais para o intercâmbio internacional de informações, como: código de referência, título, produtor, datas, dimensões e nível. Esses elementos são parte integrante da
(A) descrição
(B) avaliação
(C) destinação
(D) restauração
(E) organização

50 - Em qualquer arquivo bem organizado, recuperar otimizadamente as informações é a principal conseqüência do trabalho realizado. Assim, elementos importantes no processo de organização devem ser considerados, como os pontos de acesso que têm seus valores aferidos pelo controle de autoridade. Desta forma, devido à importância dos pontos de acesso para a recuperação da informação, foi criada uma norma específica para essa finalidade que é a
(A) AARQI (ISO)
(B) ISSAD (CIC)
(C) ISAAR (CPF)
(D) ARQUI (BRA)
(E) IASAR (ARQ)

51 - Em um arquivo empresarial, vários são os documentos que são produzidos e acumulados durante um ano inteiro. Entre eles, é comum verificar uma variedade muito grande de documentos, como cartas, memorandos, relatórios, fotografias e registros sonoros. Estes documentos são referências da menor unidade arquivística intelectualmente indivisível, ou seja, de
(A) item documental
(B) série documental
(C) classe documental
(D) norma documental
(E) natureza documental

52 - Uma equipe de pesquisadores da Universidade Federal do Estado do Rio de Janeiro anunciou a conclusão de uma fascinante experiência genética, sendo que toda a documentação produzida nessa pesquisa será arquivada permanentemente.
Assim, a responsabilidade pela proteção desses documentos, baseada em sua posse física, que nem sempre vai abranger a propriedade legal ou mesmo o direito de controlar o acesso aos mesmos, é entendida como
(A) série
(B) dossiê
(C) autoria
(D) custódia
(E) incorporação

53 - Em uma instituição com 180 anos de existência, o processo de organização de arquivos é uma das etapas mais importantes da administração, pois objetiva a preservação da memória institucional, disponibilizando, quando necessário, as informações organizadas. Contudo, um grande trabalho deve ser efetivado para estabelecer a direção que os documentos devem seguir, podendo ser: redução do volume do acervo, transferência para um depósito de armazenamento intermediário ou definitivo ou, simplesmente, a destruição ou descarte. Esse trabalho que é realizado na documentação é conhecido arquivisticamente como
(A) destinação
(B) tipificação
(C) substituição
(D) incorporação
(E) sistematização

54 - Vários arquivos públicos, que concentram grandes massas documentais, realizam ações relevantes para a sociedade. No entanto, é importante controlar esses volumes documentais que são, muitas vezes, armazenados indiscriminadamente, sob pena de perder a referência otimizada de prestação de serviços públicos. Assim, de forma racional, esses arquivos elaboram tabelas que visam a obter autorização para a destruição dos documentos sem valor, do tipo rotineiro. Essas são as tabelas de
(A) descarte
(B) avaliação
(C) decadência
(D) planejamento
(E) temporalidade

55 - Um arquivista atualizado deve estar atento a toda evolução da legislação na área arquivística, principalmente relacionada às Resoluções do CONARQ que têm a finalidade, dentre outras, de definir a política nacional de arquivos públicos e privados e exercer orientação normativa, visando à preservação da documentação e à proteção especial dos documentos de arquivo, independente da forma física em que esta informação se encontre registrada. Desta maneira, recomenda aos órgãos e entidades integrantes do Sistema Nacional de Arquivos a adoção do modelo de requisitos para os sistemas informatizados de gestão arquivística de documentos que é o
(A) e-ual Rio
(B) e-doc Rio
(C) e-nal Brasil
(D) e-arq Brasil
(E) e-sof Brasil

GABARITO
41 – C          42 – B          43 – D          44 – E          45 – B
46 – D          47 – C          48 – A          49 – A          50 – C
51 – A          52 – D          53 – A          54 – A          55 - D


Links relacionados




A importância do Edital

Empresas Organizadoras de Concursos Públicos

Ajuri Cespe Fadesp Fumarc Makiyama
Advise Cetap Fadurpe Funcab Moura Melo
AOCP Cetro FCC FunRio MSConcursos
BioRio Consulplan FEPESE Ibam Vunesp
Cesgranrio ESAF FGV Ipad Zambini

Tenha acesso a todo conteúdo clicando em MAPA DO BLOG