quinta-feira, 10 de novembro de 2011

INTRODUÇÃO E PRINCÍPIOS ADMINISTRATIVOS - 45 Questões FCC

PROVAS ANTERIORES FCC

INTRODUÇÃO E PRINCÍPIOS ADMINISTRATIVOS


1. (Analista Judiciário – Área Administrativa – TRE BA/2003) -  Dentre os princípios de observância obrigatória pela administração pública, expressamente previstos na Constituição Federal, está o da
(A) proporcionalidade.
(B) autotutela.
(C)) eficiência.
(D) razoabilidade.
(E) hierarquia.

2. (Analista Judiciário – Área Administrativa – TRT 21ª Região/2003) - É INCORRETO afirmar que o princípio da moralidade administrativa
(A) considera, também, o conteúdo ético do trabalho administrativo, com base na indisponibilidade do interesse maior da sociedade.
(B) é denunciado pela coerente adequação de meios e fins.
(C) significa, também, não se desviar da finalidade constante da lei (interesse público).
(D)) determina que o ato administrativo deva ser atribuído à entidade ou ao órgão que o titula, não ao agente que o pratica.
(E) não diz respeito à moral comum, mas à moral jurídica e tem primazia sobre os outros princípios constitucionalmente formulados.

3.  (Analista Judiciário – Área Administrativa – TRT 24ª Região/2003) - O princípio da moralidade administrativa diz respeito
(A) à moral paralela, que, embora ilegítima, deve ser acatada, porque é lícita.
(B) ao próprio princípio da legalidade e se identifica com a moral aceita pelo homo medius.
(C) à economia interna da Administração, excluída sua apreciação pelo Poder Judiciário.
(D) à desonestidade e, portanto, se subordina ao interesse público ou finalidade do ato.
(E)) ao conjunto de regras de conduta tiradas da disciplina interior da Administração

4. (Analista Judiciário – Execução de Mandados – TRF 4ª região/2001) - Em relação aos princípios básicos da Administração Pública, é INCORRETO afirmar que o da
(A)     razoabilidade significa que a Administração deve agir com bom senso e de modo proporcional.
(B)     especialidade aplica-se mais às autarquias, de modo que estas, de regra, não podem ter outras funções diversas daquelas para as quais foram criadas.
(C)     indisponibilidade consiste no poder da Administração de revogar ou anular seus atos irregulares, inoportunos ou ilegais.
(D)    impessoalidade significa que a Administração deve servir a todos, sem preferências ou aversões pessoais ou partidárias.
(E)     hierarquia refere-se ao fato de que os órgãos e agentes de nível superior podem rever, delegar ou avocar atos e atribuições.

5. (Analista Judiciário – Execução de Mandados - TRF 5ª Região/2003) -  É uma decorrência possível do princípio da impessoalidade aplicado à Administração Pública
(A)) serem os atos praticados pelos agentes públicos
imputados à entidade da Administração em nome da qual eles agem.
(B) ser vedado à autoridade que pratica um ato administrativo identificar-se pessoalmente.
(C) não serem os agentes públicos pessoalmente responsáveis pelos atos que praticam em nome da Administração.
(D) não poder a Administração praticar atos que gerem conseqüências para pessoas nominalmente identi-ficadas.
(E) não possuir a Administração responsabilidade civil pelos atos praticados por seus agentes, nas hipóteses em que estejam exercendo competência privativa.

6. (Analista Judiciário – Execução de Mandados – TRT 21ª Região/2003) - No que tange ao princípio da legalidade, a Administração Pública
(A)) é limitada em face dos direitos subjetivos, vincUlando- se à lei como medida de exercício do poder.
(B) deverá, desde que presente o interesse coletivo, atuar praeter legem.
(C) poderá, desde que presente o interesse público, atuar contra legem.
(D) fica restrita à fiscalização e ao controle jurisdicional de sua atuação.
(E) deverá revogar os atos ilegais que praticar, desde que o particular seja indenizado.

7. (Analista Judiciário –Execução de Mandados – TRT 24ª Região/2003) - O Prefeito Municipal passou a exibir nas placas de todas as obras públicas a indicação "GOVERNO TOTONHO FILHO". Assim agindo, o governante ofendeu o princípio da administração pública conhecido como
(A) moralidade.
(B) impessoalidade.
(C) auto tutela.
(D) razoabilidade.
(E) publicidade.

8. (Analista Judiciário – Execução de Mandados – TRT 5ª Região/2003) -  É expressão do princípio da legalidade, relativamente à atuação da Administração Pública, a
(A) obrigação de o Administrador praticar apenas os atos que a lei expressamente determinar.
(B) vinculação do Administrador aos textos normativos infralegais, oriundos de autoridades superiores.
(C) possibilidade de o Administrador praticar quaisquer atos que não sejam expressamente vedados pela lei.
(D) necessidade de os atos administrativos com força de lei estarem em conformidade com as disposições constitucionais.
(E)) permissão para a prática de atos administrativos que sejam expressamente autorizados pela lei, ainda que mediante simples atribuição de competência.

9. (Analista Judiciário – Execução de Mandados – TRT 5ª Região/2003) -  Como possível corolário do princípio da impessoalidade, pode-se afirmar que
(A) é vedado à autoridade administrativa identificar-se pessoalmente na prática de qualquer ato.
(B) a nomeação e o provimento em cargo em comissão não poderão levar em consideração as características pessoais do nomeado.
(C)) deverá a Administração Pública evitar tratar desigualmente os administrados, na medida do possível, em razão de circunstâncias pessoais de cada um deles.
(D) a Administração Pública não poderá identificar-se como tal na divulgação de obras e serviços públicos.
(E) fica vedada a publicidade dos atos praticados pela Administração Pública.

10. (Analista Judiciário – Área Judiciária –TRE BA/2003) - As afirmações abaixo estão relacionadas à obrigatoriedade de obediência dos princípios constitucionais pela administração pública.
I . Os princípios devem ser obedecidos pela administração de quaisquer Poderes.
II . A obrigatoriedade de obediência destina-se à administração direta, não alcançando as empresas públicas.
III . Todas as entidades estatais (União, Estados, Distrito Federal e Municípios) devem obediência àqueles princípios.
Está correto APENAS o que se afirma em
(A) II e III .
(B)) I e III .
(C) I e II .
(D) II .
(E) I .



GABARITO

1. C
2. D
3. E
4. C
5. A
6. A
7. B
8. E
9. C
10. B


Baixe a Prova e o Gabarito na íntegra


Para maiores informações entre em contato
Links relacionados 
Relação de provas de concursos anteriores para estudo

A importância do Edital

Empresas Organizadoras de Concursos Públicos
Ajuri Cespe Fadesp Fumarc Makiyama
Advise Cetap Fadurpe Funcab Moura Melo
AOCP Cetro FCC FunRio MSConcursos
BioRio Consulplan FEPESE Ibam Vunesp
Cesgranrio ESAF FGV Ipad Zambini

Tenha acesso a todo conteúdo clicando em MAPA DO BLOG

terça-feira, 8 de novembro de 2011

Cinco informações úteis não divulgadas!



MUITO INTERESSANTE!!! 
 
Cinco informações úteis não divulgadas! Principalmente a QUARTA 

1. Quem quiser tirar uma cópia da certidão de nascimento, ou de casamento, não precisa mais ir até um cartório, pegar senha e esperAr um tempão na fila.
O cartório eletrônico, já está no ar! www.cartorio24horas.com.br
 
Nele você resolve essas (e outras) burocracias, 24 horas por dia, on-line. Cópias de certidões de óbitos, imóveis, e protestos também podem ser solicitados pela internet.
Para pagar é preciso imprimir um boleto bancário. Depois, o documento chega por Sedex.

Passe para todo mundo, que este é um serviço da maior importância.

2. DIVULGUE. É IMPORTANTE: AUXÍLIO À LISTA
Telefone 102... não!
Agora é: 08002800102
Vejam só como não somos avisados das coisas que realmente são importantes......
NA CONSULTA AO 102, PAGAMOS R$ 1,20 PELO SERVIÇO.
SÓ QUE A TELEFÔNICA NÃO AVISA QUE EXISTE UM SERVIÇO VERDADEIRAMENTE GRATUITO.

Não custa divulgar para mais gente ficar sabendo.

 
3. Importante: Documentos roubados - BO (boletim de occorrência) dá gratuidade - Lei 3.051/98 - VOCÊ SABIA???

Acho que grande parte da população não sabe, é que a Lei 3.051/98 que nos dá o direito de em caso de roubo ou furto (mediante a apresentação do Boletim de Ocorrência), gratuidade na emissão da 2ª via de tais documentos como:
Habilitação (R$ 42,97);
Identidade (R$ 32,65);
Licenciamento Anual de Veículo (R$ 34,11)..

Para conseguir a gratuidade, basta levar uma cópia (não precisa ser autenticada) do Boletim de Ocorrência e o original ao Detran p/ Habilitação e Licenciamento e outra cópia à um posto do IFP..

4) MULTA DE TRANSITO : essa você não sabia

No caso de multa por infração leve ou média, se você não foi multado pelo mesmo motivo nos últimos 12 meses, não precisa pagar multa. É só ir ao DETRAN e pedir o formulário para converter a infração em advertência com base no Art. 267 do CTB. Levar Xerox da carteira de motorista e a notificação da multa.. Em 30 dias você recebe pelo correio a advertência por escrito. Perde os pontos, mas não paga nada.
Código de Trânsito Brasileiro
Art. 267 - Poderá ser imposta a penalidade de advertência por escrito à infração de natureza leve ou média, passível de ser punida com multa, não sendo reincidente o infrator, na mesma infração, nos últimos doze meses, quando a autoridade, considerando o prontuário do infrator, entender esta providência como mais educativa. 

5) ARTISTA FAMOSOS FICAM EM FORMA COM EXERCICIO E DIETA?

Tudo mentira, os famosos tem uma receita secreta que deixa o corpo em forma sem esforço,
porisso conseguem perder peso muito rapido.
Tem uma coluna da Globo que mostra como funciona - http://www.colunaglobosaude.com.br 

DIVULGUEM PARA O MAIOR NÚMERO DE PESSOAS POSSÍVEL. VAMOS ACABAR COM A INDÚSTRIA DA MULTA!!!!

Gostaria, se possível, que cada um não guardasse a informação só para si


Links relacionados 
Relação de provas de concursos anteriores para estudo

A importância do Edital

Empresas Organizadoras de Concursos Públicos
Ajuri Cespe Fadesp Fumarc Makiyama
Advise Cetap Fadurpe Funcab Moura Melo
AOCP Cetro FCC FunRio MSConcursos
BioRio Consulplan FEPESE Ibam Vunesp
Cesgranrio ESAF FGV Ipad Zambini

Tenha acesso a todo conteúdo clicando em MAPA DO BLOG

segunda-feira, 7 de novembro de 2011

Exercícios - Eletronorte - Engenheiro Civil- 2006

Centrais Elétricas do Norte do Brasil S.A. – Eletronorte – 2006 - ENGENHEIRO A



36 - O diagrama de MOMENTOS FLETORES de uma viga bi apoiada sob uma carga concentrada apresenta-se de forma:
(A) triangular;
(B) parabólica;
(C) elipse;
(D) retangular;
(E) helicoidal.

37 - Na estrutura de uma ponte, pode-se optar pela utilização de vigas gerber isostáticas. Analise os itens a seguir:
I. inclinadas;
II. bi apoiadas com balanços;
III. engastadas e livres;
IV. bi apoiadas;
V. hiperestáticas.
As vigas que constituem as vigas gerber são:
(A) I, II e III;
(B) I, III e IV;
(C) II, III e IV;
(D) II, III e V;
(E) III, IV e V.

38 - Para determinar esforços normais de uma treliça simples, utiliza-se comumente o método de:
(A) Gerber;
(B) Gauss;
(C) Cross;
(D) Cremona;
(E) Henneberg.

39 - Em relação a uma barragem de concreto gravidade, analise os itens a seguir:
I. peso do concreto (Pc);
II. pressão da água no paramento de montante (Hm);
III. pressão da água no paramento de jusante (Hj);
IV. peso da água sobre paramento de jusante-(Paj);
V. sub-pressão (U).
Os principais esforços atuantes são somente:
(A) I, II e III;
(B) I, II e IV;
(C) I, II e V;
(D) I, II , III e V;
(E) I, II, III, IV e V.

40 - No caso de barragens de terra, uma possível causa de acidentes é originada por:
(A) inclinação inadequada;
(B) lascamento;
(C) torção;
(D) excesso de aterramento;
(E) ataque de sulfatos.
41 - No concreto armado a despassivação das barras de aço ocorre devido à diminuição do pH. A patologia correspondente à redução do pH do concreto é:
(A) corrosão;
(B) carbonatação;
(C) lascamento;
(D) lixiviação;
(E) erosão.

42 - Em edificações com pequeno carregamento estrutural, distribuído linearmente sobre o terreno, pode-se executar um tipo de fundação corrida empregando-se concreto simples ou pedra argamassada. Assinale a alternativa que apresenta esse tipo de fundação:
(A) sapata;
(B) radier;
(C) baldrame;
(D) blocos rasos;
(E) estaca corrida.

43 - Na ocasião do lançamento do concreto na fôrma, deve-se obedecer a altura máxima permitida, que é de:
(A) 2 m;
(B) 2,5 m;
(C) 3 m;
(D) 3,5 m;
(E) 4 m.

44 - Em paredes pode-se manifestar um desempenho inadequado dos revestimentos de argamassas. Relacione as manifestações patológicas e os aspectos observados:
I. eflorescência;
II. vesículas;
III. bolor;
IV. fissuras mapeadas.
a. acompanham a superfície do revestimento em
monocamada;
b. manchas esverdeadas ou escuras;
c. pó branco acumulado sobre a superfície;
d. bolhas contendo umidade no interior.
A relação correta é:
(A) I-a, II-d, III-b e IV-c;
(B) I-c, II-d, III-b e IV-a;
(C) I-a, II-c, III-b e IV-d;
(D) I-b, II-d, III-c e IV-a;
(E) I-d, II-c, III-b e IV-a.

45 - A Lei 8.666/93 estabelece normas gerais sobre licitações e contratos administrativos pertinentes a obras, serviços, inclusive de publicidade, compras, alienações e locações no âmbito dos Poderes da União, dos Estados, do Distrito Federal e dos Municípios. Essa Lei determina as condições para a realização de licitação de obras. NÃO é uma condição para a licitação dos serviços de obra:
(A) existência de projeto básico aprovado pela autoridade competente e disponível para exame dos interessados em participar do processo licitatório;
(B) existência de orçamento detalhado em planilhas que expressem a composição de todos os seus custos unitários;
(C) existência de previsão de recursos orçamentários que assegurem o pagamento das obrigações decorrentes de obras ou serviços a serem executadas no exercício financeiro em curso, de acordo com o respectivo cronograma;
(D) produto dela esperado estar contemplado nas metas estabelecidas no Plano Plurianual de que trata o art. 165 da Constituição Federal, quando for o caso;
(E) quando estabelecido em lei ordinária ou medida provisória e autorizado pela comissão Permanente de licitação previamente estabelecida, por laudo de viabilidade.

46 - A documentação necessária para participação de processos licitatórios é:
(A) habilitação jurídica, qualificação técnica, qualificação econômico-financeira e regularidade fiscal;
(B) habilitação jurídica, qualificação técnica, qualificação econômico-financeira, regularidade fiscal e responsabilidade social;
(C) habilitação jurídica, qualificação econômico-financeira, regularidade fiscal e responsabilidade social;
(D) habilitação jurídica, qualificação técnica, regularidade fiscal e responsabilidade social;
(E) qualificação técnica, qualificação econômico-financeira, regularidade fiscal e responsabilidade social.


GABARITO
36- A
37- C
38- D
39- E
40- A
41- B
42- C
43- A
44- B
45- E
46- A


Baixe a prova e gabarito na íntegra


Para outras provas entre em contato
Links relacionados 
Relação de provas de concursos anteriores para estudo

A importância do Edital

Empresas Organizadoras de Concursos Públicos
Ajuri Cespe Fadesp Fumarc Makiyama
Advise Cetap Fadurpe Funcab Moura Melo
AOCP Cetro FCC FunRio MSConcursos
BioRio Consulplan FEPESE Ibam Vunesp
Cesgranrio ESAF FGV Ipad Zambini

Tenha acesso a todo conteúdo clicando em MAPA DO BLOG