quinta-feira, 3 de novembro de 2011

Exercícios de Assistente Social - CHESF - 2002

CHESF

QUESTÃO 26
Segundo Potyara P. Pereira, tanto as políticas públicas como os profissionais que atuam no seu campo de conhecimento e ação podem estar a serviço de qualquer modelo político, dependendo do ideário a que se vinculam. Por isso, é preciso qualificar o tipo de política pública que se quer adotar, no marco de um projeto que supere as postulações neoliberais e sirva de referencial para um serviço social que se recuse a avalizar injustiças. Nesse sentido, para que o serviço social atue em um espaço público de formulação e implementação de políticas e serviços, é preciso que ele, em sua configuração,
I esteja voltado essencialmente para o atendimento das necessidades sociais e não da rentabilidade privada.
II desenvolva atividades preventivas e não só compensatórias dos prejuízos e riscos criados pelas medidas econômicas.
III adote e persiga estratégias cujas implicações sejam sempre progressivas e jamais regressivas.
IV paute-se por uma unidade institucional, um sistema que valorize a participação da sociedade na provisão social, descartando a presença do Estado neste processo.
V enfrente a pobreza na sua forma absoluta ou severa, abandonando o horizonte de pobreza relativa.

Estão certos apenas os itens
A) I, II e III.
B) I, II e IV.
C) I, III e V.
D) II, IV e V.
E) III, IV e V.

QUESTÃO 27
A abordagem qualitativa é uma das alternativas que o assistente social tem para sistematizar informações a respeito da realidade onde se realiza uma intervenção ou onde se pretende intervir.
Acerca da abordagem qualitativa, assinale a opção correta.
A) O problema é uma definição apriorística, resultado de um processo dedutivo formulado individualmente pelo pesquisador e em função do qual recolhe dados comprobatórios.
B) O pesquisador deve ser um relator passivo e fiel do cotidiano dos sujeitos, evitando a familiaridade com os acontecimentos diários e a relação com as representações dos sujeitos da pesquisa.
C) Todas as pessoas que participam da pesquisa são reconhecidas como sujeitos que elaboram conhecimentos e produzem práticas adequadas para intervir nos problemas que identificam.
D) Os dados são coisas isoladas, acontecimentos fixos, captados em um instante de observação, fenômenos restritos às percepções sensíveis e aparentes.
E) Não usa técnicas que possam revelar fenômenos latentes que viriam a distorcer a análise objetiva, tais como observação participante, história ou relatos de vida, análise de conteúdo, entrevista não-diretiva e outros.

QUESTÃO 28
A planificação é realizada no momento em que, após a tomada de um conjunto de decisões, definidas em face de uma realidade determinada, inicia-se o trabalho de sistematização das atividades e dos procedimentos necessários para o alcance dos resultados previstos. Essas decisões são detalhadas em documentos. Acerca desses documentos, julgue os itens subseqüentes.
I O programa delineia as decisões de caráter geral do sistema, suas grandes linhas políticas, suas estratégias e suas diretrizes e determina as responsabilidades.
II O plano é um desdobramento do programa: os objetivos setoriais de um programa irão constituir os objetivos gerais dos planos.
III Um elemento básico do programa é a formulação de objetivos gerais e específicos em seu nível, explicitando sua coerência com políticas, diretrizes e objetivos da organização.
IV O projeto sistematiza e estabelece o traçado prévio da operação de um conjunto de ações. É a unidade elementar do processo sistemático de racionalização de decisões.
V O projeto é o instrumental mais próximo da execução, devendo detalhar as atividades a serem desenvolvidas, estabelecer prazos, especificar recursos humanos e materiais e estruturar receitas e custos.
Estão certos apenas os itens
A) I, II e III.
B) I, II e IV.
C) I, III e V.
D) II, IV e V.
E) III, IV e V.

QUESTÃO 29
De acordo com Maria Lúcia Silva Barroco, o Código de Ética Profissional do Assistente Social, na sua revisão de 1993, não se opõe apenas ao liberalismo, mas também ao humanismo cristão tradicional e ao marxismo anti-humanista. Quanto às suas características, o referido código reforça o pensamento da citada autora quando
I defende a eqüidade, explicitando os limites da liberdade burguesa, que é incompatível com a igualdade, a justiça social e a cidadania plena.
II estabelece a democracia como sendo um padrão de organização política capaz de favorecer a ultrapassagem das limitações reais que a ordem burguesa impõe ao desenvolvimento pleno da cidadania.
III concebe uma ética essencialista, dada ou determinada por uma essência transcendental anterior à História.
IV assinala a direção sócio-histórica da ultrapassagem da ordem burguesa, explicitando sua vinculação com o ideário socialista.
V aceita como sendo naturais os valores universais, concebendo-os como possibilidade objetiva universal.

Estão certos apenas os itens
A I, II e III.
B)I, II e IV.
C)I, III e V.
D)II, IV e V.
E III, IV e V.

QUESTÃO 30
Constitui atribuição privativa do assistente social
I realizar vistorias, perícias técnicas, laudos periciais, informações e pareceres sobre a matéria de serviço social.
II intervir na prestação de serviços que estejam sendo efetuados por outro profissional de serviço social para adequá-los aos princípios definidos pela instituição.
III planejar, organizar e administrar programas e projetos em unidades de serviço social.
IV realizar treinamento, avaliação e supervisão direta de estagiários de serviço social.
V coordenar, elaborar, executar, supervisionar e avaliar estudos, pesquisas, planos, programas e projetos na área de serviço social.

A quantidade de itens certos é igual a
A) 1.
B) 2.  
C) 3.
D) 4.
E) 5.

QUESTÃO 31
Durante o processo de entrevistas, as respostas/indicações de diversos tipos podem ser centradas no entrevistador ou no entrevistado. Nesse sentido, assinale a opção cuja resposta, se
dada pelo entrevistador, não conteria julgamento moral explícito.
A) — Você devia ter me falado quando pensou em desistir do emprego. Não é tão fácil encontrar empregos, e outras pessoas gastaram tempo e energia para encontrar esse para você.
Qualquer outra pessoa em seu lugar ficaria feliz em ter...
B)— Você deve aprender a viver com sua deficiência. Os trabalhos que você pode fazer são difíceis de encontrar. De qualquer forma, não podia ser tão ruim como você diz.
C)— Acho que sim, e sugiro que você tente discutir isso com Paulo, colocando o seu ponto de vista. Ele pode surpreender-lhe, afinal de contas. Então, quando vocês vierem na próxima semana, poderemos discutir o assunto com mais detalhes. Que você acha disso?
D)— Agora pare com estes absurdos. Você está inventando tudo isso. Não é certo você falar assim de sua mãe, depois de tudo que ela fez e está fazendo por você. Estou realmente surpreso,
um rapaz inteligente como você... sua consciência não lhe diz que você está errado?
E) — Não compreendo como você pode dizer uma coisa como essa, mesmo se você a sente. O senhor José me falou o quanto gosta de você, e a dificuldade que ele tem para fazer você se comportar. Acho que devia realmente se envergonhar de você mesmo.

QUESTÃO 32
Para o trabalho com grupos, é fundamental que o assistente social, entre outros, compreenda o fenômeno da liderança. Sobre esse assunto, julgue os itens abaixo.
I Existe um tipo de personalidade de líder, ou seja, a capacidade de liderar, influenciar e ser aceito por um grupo é nata em uma pessoa.
II Diferentes situações requerem modalidades diferentes de liderança, e o mérito está na habilidade do líder em conhecer as necessidades de várias situações e de executar várias funções.
III O líder é o único responsável pela qualidade da produção do grupo e os membros se identificam como seus seguidores.
IV Liderança se refere às tarefas destinadas a coordenar o esforço do grupo no equacionamento e na resolução de um problema comum.
V Liderar é aprimorar as relações de trabalho, manter ou alterar o modo de trabalho do grupo, fortalecendo, regulando e mantendo a sua coesão.

A quantidade de itens certos é igual a
A 1.
B) 2.
C) 3.
D) 4.
E) 5.

QUESTÃO 33
Na construção de propostas para o enfrentamento das questões definidas como prioritárias para alcançar os objetivos determinados, podem ser percorridos caminhos diferentes, e o caminho escolhido é resultado de um processo seletivo que busca encontrar uma combinação ótima que aumente a eficiência e a eficácia da ação ao menor custo social e econômico. O estudo das alternativas leva em conta alguns critérios. Acerca desse assunto, julgue os itens que se seguem.
I A análise das operações deverá demonstrar o grau de relação entre as atividades e os instrumentos propostos na alternativa e a viabilização dos objetivos, bem como o seu potencial de complementaridade com outros programas.
II O exame sistemático dos efeitos de ocorrências leva a equipe planejadora a prever todas as conseqüências de suas decisões no processo.
III A análise da economia da ação tem como objetivo detectar em que grau a proposta em análise possibilitará o alcance do máximo benefício ao menor custo econômico-social, em relação às demais alternativas possíveis.
IV A análise do rendimento político é o estudo da viabilidade política da alternativa, da possibilidade de sanção de quem vai tomar a decisão, de aceitação de quem vai executá-la e de aceitação de quem será beneficiado pelo planejamento.
V As propostas alternativas referem-se apenas a procedimentos de natureza técnica relativos ao modo de enfrentamento da QUESTÃO objeto do planejamento, não guardando nenhuma
relação com intencionalidades político-ideológicas.

Estão certos apenas os itens
A) I, II e V.
B)I, III e IV.
C)I, IV e V.
D)II, III e IV.
E) II, III e V.

QUESTÃO 34
O trabalho em equipe se coloca para o assistente social como uma estratégia de atuação que aumenta suas possibilidades, mas é, ao mesmo tempo, um desafio. Atualmente, a perspectiva transdisciplinar se apresenta como uma das opções. Nesse sentido, o trabalho em equipe
I permite caminhar ultrapassando as fronteiras das disciplinas e ousar transitar por elas.
II supõe agir sobre os valores que se vem produzindo. É um exercício crítico em que concorrem pensamento, ação, experiência, diferença, valores.
III pressupõe reaprender a religar conhecimentos e problematizar o contexto, articulando todo o saber à vida.
IV requer abertura para escutar o que se passa em outras esferas do conhecimento, mesmo mantendo posição divergente.
V exige um paradigma que permita dis-juntar os domínios científicos, fazendo-os comunicar-se sem reduzi-los a unidades elementares ou a leis gerais.

A quantidade de itens certos é igual a
A) 1.
B) 2.
C) 3.
D) 4.
E) 5.

QUESTÃO 35
Tem aumentado a compreensão dos profissionais de saúde de que o local de trabalho oferece uma oportunidade única de intervenção preventiva e assistencial no uso indevido de álcool e outras drogas. A avaliação ambiental é a primeira etapa do processo para a implantação de uma política de álcool e drogas na empresa. Essa avaliação dá acesso ao conhecimento detalhado da cultura organizacional. A execução do levantamento ambiental pressupõe a obtenção de resultados cientificamente válidos, o que exige a adoção de determinados critérios na sua realização. Nesse sentido
I deve-se preservar o anonimato do empregado e proteger a fidedignidade das respostas.
II a aplicação do instrumento pode ser feita por qualquer profissional pertencente ao quadro da empresa.
III deve-se incluir no levantamento todo o corpo funcional da empresa.
IV a amostra deve representar a população estudada com rigor estatístico.
V os empregados pertencentes à amostra devem ser escolhidos aleatoriamente.
A quantidade de itens certos é igual a
A) 1.
B) 2.
C) 3.
D) 4.
E) 5.

QUESTÃO 36
A característica principal da política de prevenção voltada para a redução de danos é sua oposição à visão tradicional de redução da oferta, implícita na chamada “política de guerra às drogas”.
Para a elaboração de uma proposta de prevenção com base na redução de danos, é preciso considerar alguns pressupostos.
Nesse sentido, deve-se
I considerar o uso moderado do álcool, de acordo com a situação na qual ocorre.
II evitar o uso de uma mesma seringa por mais de uma pessoa, no caso de drogas injetáveis.
III substituir cigarros de alto teor de nicotina por cigarros de baixo teor, ou mesmo incentivar o uso de adesivos de nicotina na pele.
IV tentar retardar o primeiro contato com drogas para que, caso isso aconteça, o indivíduo já esteja estruturado psicologicamente e amadurecido.
V propor a substituição de substâncias mais fortes e com vias de uso mais perigosas por outras menos nocivas.
A quantidade de itens certos é igual a
A) 1.
B) 2.
C) 3.
D) 4.
E) 5.

QUESTÃO 37
Os pais geralmente ficam desnorteados e não sabem o que fazer quando descobrem que os filhos estão usando drogas. Não há uma receita pronta para orientar aqueles que se encontram nessa situação. Julgue se os itens que se seguem constituem informações que podem ajudar os pais a compreender o que pode estar ocorrendo.
I Todas as formas ou maneiras de consumir drogas são igualmente perigosas e causam danos.
II Os efeitos das drogas não são idênticos em todas as pessoas, sendo alguns perigosos e outros não.
III Existem diferentes modalidades de ajuda a pessoas com problemas relacionados ao uso de drogas.
IV Cada jovem é um ser único, sendo diversas as razões que o levam a se envolver com drogas.
V A aceitação social depende mais do risco que ela representa do que das características socioculturais da comunidade.
Estão certos apenas os itens
A) I, II e V.
B) I, III e IV.
C) I, IV e V.
D) II, III e IV.
E)  II, III e V.

QUESTÃO 38
A mediação surge no cenário brasileiro como uma ferramenta nova, embasada na aplicação de conhecimentos oriundos da sociologia, do direito, da psicologia, da teoria dos sistemas, dos novos paradigmas de comunicação e práticas discursivas úteis para a resolução de conflitos. Acerca da mediação, julgue os itens que se seguem.
I Tem no mediador o facilitador de um processo voluntário, confidencial, flexível e versátil.
II Confunde-se com a terapia familiar na medida em que é um processo com temas e tempo ilimitados.
III Funciona como reveladora de incoerências de pensamento que, por sua vez, são geradoras de incoerências na relação.
IV Baseia-se nas conversas interpessoais e nos jogos de linguagem que se desenvolvem em determinados contextos e cenários, criando
histórias geradoras de sentido para a vida das pessoas.
V Tem como uma de suas premissas a crença de que as pessoas não são competentes para resolver seus problemas.
Estão certos apenas os itens
A) I, II e V..
B) I, III e IV.
C) I, IV e V
D) II, III e IV.
E) II, III e V.

QUESTÃO 39
A legislação brasileira garante alguns direitos às pessoas portadoras de HIV/AIDS. Acerca desses direitos, assinale a opção incorreta.
A) Os exames pré-admissionais em concursos públicos podem incluir a sorologia anti-HIV e caso este exame seja solicitado a pessoa não poderá recusar-se a fazê-lo.
B) É vedada a dispensa arbitrária de um empregado portador de HIV. O empregador, porém, tem o poder de demitir, desde que sejam pagos os direitos do empregado despedido.
C) Os planos de saúde não podem excluir um consumidor sob a alegação de ele ser portador de doença como a AIDS.
D) A aposentadoria por invalidez deverá ser concedida apenas aos pacientes de AIDS ou portadores de HIV que tenham desenvolvido qualquer doença incapacitante.
E Não há obrigatoriedade de cumprimento do período de carência de doze meses para a concessão de auxílio-doença ao portador de HIV.

QUESTÃO 40
De acordo com Potyara Pereira, a Política Nacional de Assistência Social (PNAS) é uma política social pertencente ao gênero política pública, como o são a previdência, a saúde e a educação, entre outras. Acerca do conceito de políticas públicas, assinale a opção incorrreta.
A) A relação entre o Estado e a sociedade na operacionalização dessa política é sempre de reciprocidade, aliança e parceria, não havendo lugar para competição e conflito.
B) Refere-se a planos, estratégias ou medidas de ação coletiva, formulados e executados com vistas ao atendimento de legítimas demandas e necessidades sociais.
C) É uma ação coletiva que tem por função concretizar direitos sociais demandados pela sociedade e previstos nas leis. Os direitos declarados e garantidos nas leis só têm aplicabilidade por meio de políticas públicas.
D) Por meio das políticas públicas são formulados, desenvolvidos e postos em prática programas de distribuição de bens e serviços, regulados e providos pelo Estado, com a participação e o controle da sociedade.
E) Não é sinônimo de política estatal, mas uma ação pública na qual, além do Estado, a sociedade se faz presente, ganhando representatividade, poder de decisão e condições de exercer o controle sobre os atos e as decisões do governo e do mercado.

GABARITO

26- A            27- C            28- E            29- B            30- D           31- C            32- C           
33- B            34- E            35- D           36- E            37- D           38- B            39- A           
40- A

Links relacionados 
Relação de provas de concursos anteriores para estudo

A importância do Edital

Empresas Organizadoras de Concursos Públicos
Ajuri Cespe Fadesp Fumarc Makiyama
Advise Cetap Fadurpe Funcab Moura Melo
AOCP Cetro FCC FunRio MSConcursos
BioRio Consulplan FEPESE Ibam Vunesp
Cesgranrio ESAF FGV Ipad Zambini

Tenha acesso a todo conteúdo clicando em MAPA DO BLOG

Um comentário:

  1. Luis passei para conhecer seu blog ele é notº 10, excelente trabalho desejo muito sucesso em sua caminhada e objetivo no seu Hiper blog e que Deus ilumine seus caminhos e da sua família
    Um grande abraço e tudo de bom e aceitei você como amigo no diHITT

    ResponderExcluir