quinta-feira, 25 de junho de 2015

Psicologia – Parte 05



Relação de provas anteriores
Cargo de Analista Judiciário Psicologia.
01 – Concurso organizado pela FAPERP e realizado em 2012
02 - Concurso organizado pela FCC e realizado em 2009
03 - Concurso organizado pela FCC e realizado em 2011
04 - Concurso organizado pela FCC e realizado em 2012

Total de 04 provas (Arquivo zipado)
Para acessar os arquivos é necessário cadastro no 4Shared ou se preferir utilize nosso "Formulário de Contato" no lado direito da postagem




Exercícios de fixação
01 - Acerca da psicopatologia e criminalidade, assinale a opção correta.
(A) De acordo com o DSM-IV, a psicopatia é caracterizada por padrão de inibição social, sentimentos de inadequação e avaliações negativas.
(B) As características do transtorno de personalidade psicótica são preocupação excessiva com organização, perfeccionismo, controle, desconfianças, suspeitas e grandiosidade.
(C) A ocorrência de delírios, alucinações e fantasias e a persistência de comportamentos que se desviam, acentuadamente, das expectativas cognitivas, afetivas e de controle dos impulsos consolidam o diagnóstico de doença mental de um indivíduo.
(D) Para a realização do diagnóstico, é imprescindível que se avalie o sujeito em sua complexidade, contribuindo pouco para o diagnóstico a simples avaliação de sintomas isolados.
(E) Os portadores de transtorno de personalidade que cometem crimes não podem se beneficiar de atenuantes, visto que eles são conscientes dos atos que praticam.

02 - São características das normas relativas a direitos humanos
(A) a efetividade e a transparência.
(B) a imprescritibilidade e a individualidade.
(C) a inviolabilidade e a dependência.
(D) a inalienabilidade e a irrenunciabilidade.
(E) a complementaridade e a finalidade.

03 - No que se refere aos métodos cooperativos de solução de conflitos, assinale a opção correta.
(A) Assim como o conciliador, o mediador explorara o conflito, a fim de identificar os interesses por trás das queixas imediatas.
(B) Na mediação, não há interesse em perceber as motivações psíquicas e outras questões pessoais que culminaram no conflito.
(C) A conciliação concentra-se no aspecto objetivo do conflito, ao passo que a mediação atua para viabilizar a solução do conflito, empenhando-se para que haja compreensão mútua.
(D) A mediação, entendida como processo ideal na solução de conflitos, resulta no apaziguamento e, consequentemente, na reconciliação, como, por exemplo, nos casos de separações traumáticas e de adoção.
(E) O objetivo da conciliação é o realinhamento das divergências entre as partes, de forma a finalizar o conflito.

04 - Considerando que duas pessoas envolvidas em um acidente de trânsito sem vítimas tenham, em razão do estresse e dos danos causados aos veículos, discutido, assinale a opção correta no que se refere aos métodos extrajudiciais de soluções de conflitos.
(A) Nesse caso, é papel do mediador apontar as vantagens de um acordo, mesmo que com concessões mútuas, a fim de evitar prejuízos e desgastes emocionais.
(B) O papel do conciliador, que deverá atuar na resolução desse conflito, é questionar os envolvidos na tentativa de investigar aspectos intrínsecos que poderiam interferir no acordo.
(C) O conciliador busca a solução para o conflito, mas não pode tomar decisões, que cabem às partes, cooperativamente.
(D) A mediação é o processo mais adequado a esse caso.
(E) A aceitação das diferenças pessoais deve ser prioridade na resolução desse conflito.

05 - Acerca de vitimologia, assinale a opção correta.
(A) Independentemente de quem comete o crime ou de quem o sofre, os valores sociais e os aspectos econômicos a ele associados são invariáveis.
(B) A vitimização psicológica refere-se à depreciação afetiva, por negligência ou rejeição, podendo resultar em baixa autoestima, que, por sua vez, conduz a insucessos e sofrimento. Em relação a indivíduos vitimizados psicologicamente, observa-se, algumas vezes, a redução da capacidade de discriminação de estímulos e comportamentos agressivos, podendo as relações de solidariedade ser substituídas por laços de cumplicidade.
(C) É de interesse da vitimologia o estudo do comportamento do delinquente com relação à vítima, assim como o da vítima em relação ao delinquente, sendo irrelevantes, entretanto, os fatores que levariam a vítima a reagir ao ataque.
(D) Casos como o de autoagressão com a finalidade de imputar esse ato de violência ao cônjuge inserem-se na categoria vítima mais culpada que o delinquente.
(E) De acordo com a classificação vitimológica, os indivíduos atingidos por bala perdida são vítimas autênticas, já que se expõem, inconscientemente, ao papel de vítima.

GABARITO
01 – D
02 – D
03 – C
04 – C
05 – B

Link relacionados:

- A importância do Edital


- Relação de provas por Profissão
- Empresas Organizadoras de Concursos Públicos
- Tenha acesso a todo conteúdo clicando em MAPA DO BLOG
 

Nenhum comentário:

Postar um comentário